WIPEOUT BEAT

               

Os Wipeout Beat são a banda de três figuras emblemáticas da cena musical conimbricense. Carlos Dias, Pedro “Calhau” Antunes e Miguel Padilha passaram ou estão em bandas como Bunnyranch, Subway Riders, Garbage Catz, Objectos Perdidos, que deram à cidade a sua diversidade sonora tão bem conhecida. Uma panóplia de teclados, três vozes e uma guitarra, soam ao mais sujo do garage, mas também aos sons minimais dos Suicide ou de Philip Glass, tudo ao ritmo de uma uma velha caixa-de-ritmos Roland CR-8000, que faz com que seja impossível não bater o pé. Produzido nos Estúdios Blue House, em Coimbra, “Small Cities Big Thoughts” foi o disco de estreia lançado, em 2018, pela Lux Records, ao qual se seguiu "Wine Nights Fantastic Stories", editado em 2021, e ambos são o resultado de longas e divertidas noites, a descobrir, explorar e criar música simples para gente descomplicada que gosta de dançar/rockar.

--------------------

«Músicas carregadas de energia esfuziante que ora sibilam ora fazem estrondo.»
Pedro Beja Alves, FESTMAG

«Entre teclados, guitarra e algumas batidas hipnotizantes, os Wipeout Beat soltaram a mestria do entretenimento. Com Calhau nos teclados e na guitarra, Miguel e Carlos nos teclados, houve ainda espaço para todos poderem explorar os seus dotes vocais. Os Wipeout Beat fizeram mais do que cumprir calendário. Músicos por paixão e entertainers por natureza, roubaram sorrisos e as expressões mais incrédulas nos rostos do público, fazendo bater aquele pé mais colado no chão.»
Adelaide Martins, CULTUR’ARTE MAG

«Dentro de um universo low-fi onde a paixão por teclados antigos e em segunda mão fala bem alto, surge “Hey Girl” com uma espécie de foco numa personagem feminina que deixou marcas ao passar. Mantendo o calor e conforto sonoro dos teclados, surgem riffs simples, mas marcantes, que nos colocam neste universo de synth rock com cheiro a garage e algum rock’n’roll
ARTE SONORA