CAFÉ CURTO

O ciclo ‘Café Curto’ convida o público a sentar-se à mesa com a música, todas as terças-feiras, às 19H30, no Café Concerto Coimbra do Convento São Francisco. Esta programação tem a curadoria da Blue House e o apoio da Câmara Municipal de Coimbra. Desde outubro de 2020 até ao final de 2023, servimos mais de 100 showcases de 30 minutos, mantendo a aposta em jovens artistas e projetos emergentes, providenciando-lhes um espaço onde podem mostrar o seu trabalho à cidade. Na última sessão de cada mês, o ‘Café Duplo’ proporciona um espetáculo de 60 minutos, fruto de um processo de sinergias e cocriação entre dois artistas.

O 'Café Curto' integra, ainda, uma vertente de formação artística e profissional, com a convocatória 'MIC | Música Independente de Coimbra', em que os/as artistas selecionados/as têm a oportunidade de apresentar o seu trabalho no Café-Concerto do Convento São Francisco.



PROGRAMAÇÃO 

🗓️. 04 JUN | A SUL

A Sul é o nome do projeto musical de Cláudia Sul, cantautora, compositora e produtora. Através da sua experiência com a sonoplastia, A Sul cria uma musicalidade de expressão empática, destacando as sonoridades mundanas do dia-a-dia. Dotada da sua voz e guitarra, projeta um ambiente envolvente que pretende estimular a memória do público. A Sul foi o projeto vencedor dos Novos Talentos Fnac em 2023, na categoria Música.

🗓️. 11 JUN | SMOKED FALMON

smokedfalmon é o segundo projeto selecionado pela convocatória MIC em 2024. Nascido debaixo de uma pedra no início dos anos 90, perdendo-se desde então nos reinos do inimaginável, smokedfalmon é uma criatura que vive dentro de Nuno Ferreira, artista e produtor multidisciplinar, ser humano polivalente e aventureiro do espaço. Assumindo a música como a expressão da sua condição humana, molda e transforma sons melódicos e hipnóticos, induzindo uma viagem coletiva através de paisagens sonoras melancólicas, fundindo espectros musicais desde o post-rock a grooves electrónicos profundos, com cantos carregados de fado.

🗓️. 23 JUN | SALLIM 

Sallim é uma artista multidisciplinar cujo trabalho se estende das artes visuais e têxteis à música e à poesia. Com três álbuns editados em nome próprio, integra o coletivo-editora independente Cafetra desde 2016, com o qual desenvolve um projeto de criação, edição e programação musical. Depois de “Isula” (2016) e “A ver o que acontece” (2019), e a par de diversas colaborações com os seus colegas de editora, como Lourenço Crespo ou Maria Reis, Sallim lançou “a dor, o diagnóstico e o desejo”, em dezembro de 2023, um conjunto de registos caseiros de canções originais, versões e um poema, que constituem apenas uma parte do seu crescente novo repertório. Para além do formato a solo e à guitarra, apresenta-se agora, ao vivo, também em trio, acompanhada pelas artistas Leonor Arnaut (Fumo Ninja, Chão Maior, Leida) e Leonor Cabrita (Orca).

🗓️. 25 JUN |  GABRIEL FERRANDINI + ONDNESS

Ondness é a encarnação a solo mais duradoura de Bruno Silva, a bater uma década de ofício e a deixar pelo caminho um mapa de registos que se espraia por editoras como a Where to Now?, Paralaxe, Holuzam ou Discrepant. Por estas últimas lançou, em 2022, primeiro 'Megadawn' e pouco depois 'Oeste A.D.', conjurando uma música em estado continuamente liminal e alucinatório, para onde convergem pedaços muito refratados da dança, da hauntology, do espaço dub ou da tensão melódica de algum minimalismo. Neste Café Duplo, junta-se ao companheiro de longa data Gabriel Ferrandini, baterista e compositor. Gabriel Ferrandini é frequentemente encontrado em contextos de improvisação, mas a sua mente artística levou-o a compor, tendo lançado ao mundo os discos “Volúpias” e “Hair of the Dog”, em que diferentes paisagens sonoras, ora mais melódicas e poéticas, ora mais existenciais e densas. Mais recentemente, tem colaborado com o encenador e dramaturgo Tiago Rodrigues em espetáculos em vários países.  



Ver sessões anteriores