CAFÉ CURTO

O ciclo ‘Café Curto’ convida o público a sentar-se à mesa com a música, todas as terças-feiras, às 19H30, no Café Concerto Coimbra do Convento São Francisco. Esta programação tem a curadoria da Blue House e o apoio da Câmara Municipal de Coimbra. Desde outubro de 2020 até ao final de 2022, servimos mais de 70 showcases de 30 minutos, mantendo a aposta em jovens artistas e projetos emergentes, providenciando-lhes um espaço onde podem mostrar o seu trabalho à cidade. Na última sessão de cada mês, o ‘Café Duplo’ proporciona um espetáculo de 60 minutos, fruto de um processo de sinergias e cocriação, em que dois artistas, — um local e um nacional — apresentam os seus temas separadamente, mas juntando-se em palco para duas músicas conjuntas, desenvolvidas em residência prévia, no estúdio da Blue House.

O 'Café Curto' integra, ainda, uma vertende de formação artística e profissional, com a convocatória 'MIC | Música Independente de Coimbra', em que os/as artistas selecionados/as têm a oportunidade de apresentar o seu trabalho no Café-Concerto do Convento São Francisco.


PROGRAMAÇÃO  4º TRIMESTRE 2022

🗓️. 29 NOV | O MARTA

Algures na Beira Alta, nasce uma nova forma de conviver com a tradição. Por trilhos percorridos que vão do indie à eletrónica, O Marta, projeto a solo de Guilherme Marta, volta-se agora para as terras da sua infância, entre São Pedro do Sul e Arnas, numa redescoberta da sua aura. Seja a compleição da percussão tradicional, os viscerais cantos polifónicos da região beirã ou as carismáticas melodias de guitarra, O Marta respira nova vida ao encontro moderno do indie rock com o folclore português.

🗓️. 6 DEZ | HUMAN NATURES (MIC #07)

“Human Natures” é o alter ego de João Ribeiro, que emerge como forma de expressão das suas vivências e emoções. O multi-instrumentista, membro da banda Eigreen, dá forma e alma a um primeiro disco a solo que representa o percurso musical e artístico que percorreu nos últimos dez anos, resultando numa fusão de diversos géneros musicais: dream-rock, eletrónica, experimental, ambient e shoegaze.

🗓️. 13 DEZ | ANA LUA CAIANO

Ana Lua Caiano explora a fusão musical através do encontro entre a música tradicional portuguesa e a música eletrónica. Aos coros, harmonias e cânones, juntam-se os sintetizadores, as drum-machines e os sons captados no dia-a-dia da artista.

🗓️. 20 DEZ | DRUNKS ON THE MOON

O português Bruno Lucas e a francesa Manon Capelline formam os Drunks On The Moon, duo que gravita entre a modernidade e o cinema mudo, explorando um território musical onde encontramos o krautrock, a surf music californiana e a chanson française.

 

Ver edições anteriores.