RESIDÊNCIAS LUSÓFONAS

As Residências Lusófonas são uma programação de fusão entre diferentes estilos, ritmos e influências de toda a Lusofonia, com o objetivo de reforçar a importância da língua portuguesa, em toda a sua diversidade, como elemento de união e fator de coesão. A iniciativa é um co-produção da Blue House, juntamente com a Rádio Pessoas, Cena Lusófona, Escola da Noite, Salão Brazil e Teatro da Cerca de São Bernardo. Ao longo de 2022, icentivando a transmissão inter-cultural e a co-construção, recebemos artistas para participarem num processo de criação junto da comunidade de músicos e artistas locais.


PROGRAMAÇÃO  2022

🗓️. 26 OUT | LEI DID DAI (BR), PRINCE WADADA (AO), JAPA SYSTEM (BR) 

O ciclo 'Residências Lusófonas' reuniu a MC de dancehall ragga Lei Di Dai, o percussionista JAPA System e o cantor e compositor Prince Wadada, ícone da cultura reggae e dos soundystems portugueses. O resultado do encontro foi dado a conhecer num concerto-festa que durou duas horas e passou por temas selecionados por cada um dos artistas.


🗓️. 13 JUN | MATEUS ALELUIA 

O cantor e compositor brasileiro Mateus Aleluia inaugurou o ciclo das 'Residências Lusófonas'. Multifacetado, pesquisador e livre pensador, Mateus Aleluia, remanescente do grupo Os Tincoãs, cria a partir das próprias composições uma cosmologia única ao percorrer temas da cultura afro-brasileira, do Candomblé e da filosofia. O artista participou em oficinas e partilhou o palco com cinco artistas locais.