ANIMAIS | 15 Anos Sem Paredes | CD | 2019

ANIMAIS | 15 Anos Sem Paredes | CD | 2019 | ANM01

Editora
Lux Records
Preço normal
€12,00
Preço de saldo
€12,00
Preço normal
Esgotado
Preço unitário
por 
Imposto incluído. Envio calculado na finalização da compra.

 ANIMAIS 
15 Anos Sem Paredes

01 - A Noite
02 - Verdes Anos
03 - Canção De Alcipe
04 - Sede e Morte
05 - Canto Do Rio
06 - Despertar
07 - Frustação
08 - Canto Da Rua

Letras:
Pedro Nuno Lopes (tracks: 3, 4, 7, 8)
Raquel Ralha (track 5)

Melodias:
Carlos Paredes (trackss: 1, 2, 4, 5, 6, 7, 8)
Afonso Correia Leite (track 3)

Pedro Lopes: guitarra acústica
Pedro Renato: coros e todos os instrumentos
Raquel Ralha: voz
Ricardo Dias: guitarra portuguesa

Convidado:
João Rui: voz (track 3)

Produção:
Pedro Renato
João Rui

Programação e Sound Design:
João Rui, Pedro Renato

Gravação, Mistura e Masterização:
João Rui

Artwork & Design:
Rita Pinto

Trabalho fotográfico:
Bruno Pires

Textos:
Artur Lemos Silva:
manifesto
Pedro Nuno Lopes: manifesto; Carlos Paredes
Pedro Renato: 15 Anos Sem Paredes

LUXCD042
Lux Records - 2019

A Génese: Decorria o ano de 2003 e Coimbra, então Capital da Cultura, viu subir ao palco do Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV) o espetáculo “Mondego Chase", resultante da colaboração de Belle Chase Hotel com os músicos do Quinteto de Coimbra, e com base em alguns dos mais emblemáticos temas de Carlos Paredes. Ditou a sorte que o trabalho daí resultante tivesse ficado apenas pelos palcos que testemunharam o espetáculo, e que apenas tivesse sido registada em estúdio a versão de Verdes Anos, que integrava então a coletânea "Movimentos Perpétuos". Independentemente das encorajadoras críticas que gabavam o projeto, e da benção dum Carlos Paredes emocionado, este trabalho ficou guardado durante todos estes anos nas memórias de quem o ouviu, e dos músicos que o conceberam. 
15 Anos mais tarde, os mesmos músicos que arquitetaram o projeto reúnem-se para ressuscitar e completar a aventura musical pelo universo sombrio e vibrante da figura mais carismática da guitarra portuguesa.
Apresentamos assim, agora, um disco intenso para almas irrequietas, ouvidos exigentes e espíritos livres.