CASA DO CINEMA DE COIMBRA

EPICENTRO - CASA DO CINEMA DE COIMBRA


CASA DO CINEMA DE COIMBRA: 6 - 27 ABR

06.04 | 21H30 | "We Were Floating High", de Tiago Gomes (First Breath After Coma, 2021)

13.04 | 21H30"Tecla Tónica", de Eduardo Morais (Música Eletrónica em Portugal, 2016)

20.04 | 21H30 | "Farewell", de Rui Portulez e Ricardo Clara Souto (Sean Riley & The Slowriders, 2018)

27.04 | 21H30 | "Filhos do Tédio", de Rita Alcaire e Rodrigo Lacerda (Tédio Boys, 2006)

E porque música e imagens são uma combinação perfeita, a Casa do Cinema de Coimbra recebe quatro sessões de documentários, em parceria com o Cineclube Fila K, em todas as quartas-feiras de abril. Começamos com “We Were Floating High”, documentário de Tiago Gomes que se foca no 2019 de First Breath After Coma, ano em que encetaram uma digressão nacional e europeia a promover o seu álbum “NU”, editado pela Omnichord, cujo mentor Hugo Ferreira estará presente. Na semana seguinte é a vez de “Tecla Tónica”, de Eduardo Morais (que marcará presença), um trabalho que explora a alquimia da eletrónica na música em Portugal desde as primeiras peças da década de 60 até ao panorama atual. O ciclo continua com “Farewell”, documentário que assinala 10 anos da estreia em disco de Sean Riley & The Slowriders, banda que nasceu, literalmente, entre os corredores da RUC e o palco do TAGV. Na sala, antes da projeção, o vocalista Afonso Rodrigues fará a apresentação. Terminamos com “Filhos do Tédio”, filme emblemático de Rita Alcaire e Rodrigo Lacerda (que o irão apresentar presencialmente), e que nos faz recuar aos anos 90 e à pedrada no charco que representaram os Tédio Boys na cultura alternativa da cidade de Coimbra.

[ 06.04 | "We Were Floating High", bilhetes disponíveis AQUI ]

[ 13.04 | "Tecla Tónica", bilhetes disponíveis AQUI ]

[ 20.04 | "Farewell", bilhetes disponíveis AQUI ]

[ 27.04 | "Filhos do Tédio", bilhetes disponíveis AQUI ]




EPICENTRO LOGOS